SAUDADE

terça-feira, fevereiro 14, 2017



Ja faz mais de 2 meses que não te tenho em meus braços.
Que não provo do teu doce beijo.
Que não toco a tua pele.
Que não sinto a maciez do teu cabelo, saudade.
Ando pelas ruas, e tudo que eu vejo me lembra da gente.
Um casal no ponto de ônibus abraçados, os pães de queijo na padaria, todos os semáforos que eu paro, os doces que eu compro, as músicas que eu ouço no carro, tudo me faz lembrar da gente, saudade.
Chego em casa, tiro a roupa  para tomar banho,  e não demoro para cair na imaginação de estar  tomando ele com você, saudade.
Na hora do jantar, vejo o macarrão delicioso sobre a mesa e lembro do quanto tu gosta de macarrão, (e de comer muito) saudade.
Me deito e fico delirando por  alguns segundos  tu deitada no meu peito com aquele sorriso maravilhoso (o mais lindo do mundo) , saudade.
Durmo pensando na gente, acordo pensando na gente, e sonho com a gente juntos, que saudade minha pequena.
Confesso que eu nunca imaginei que a saudade era tão pesada para carregar.
Por sorte eu tenho você para me ajudar a carregar a minha, ou melhor dizendo a nossa.
Eu posso receber mil mensagens tuas durante todo o dia, e te mandar outras mil, com vários assuntos, declarações, besteiras,  ou tudo que envolva o nosso amor. Mas nenhuma se compara com aquela que vem de dentro.
Aquela que não precisa de um contexto.
Que não importa se é a primeira ou se é a última do dia.
Aquela que a gente nunca espera receber,que chega a ser mais lindo do que tu falando "Mó de que".
Aquela que derruba qualquer birra, que faz melhorar qualquer  dia.
Que faz a gente voar sem tirar os pés do chão, que nos tiram o ar.
Aquela que só precisa de 7 caracters digitados no celular e que faz o coração acelerar.
SAUDADE.



Ps: Passei a gostar da saudade, quando ela passou a ser de você.


Veja Também

0 comentários

Postagens mais visitadas

Curta A Page

Mais Ouvida

Subscribe